+55 11 982016891 plfoto@plfoto.com.brPaulo.toody
Contact info
+55 11 982016891 plfoto@plfoto.com.brPaulo.toody

Tragédia e oportunidades

Em Dezembro vimos uma grande tragédia que aconteceu em São Paulo com o incêndio que destruiu completamente o Museu da Língua Portuguesa na estação da Luz. Algo que comoveu muitas pessoas e que acarretou em um prejuízo quase incalculável para a cidade. Não me refiro somente ao prejuízo financeiro, este é alto sim, porém pode ser reparado com diversas iniciativas da prefeitura, estado e afins. O prejuízo no qual me refiro é o cultural, onde por meses ou até mesmo anos não teremos a oportunidade de fazer uma visita ao museu que cuida de nossa língua mãe, a língua portuguesa.

Diferente do que muitos pensam sobre museus onde só existem coisas velhas (antigas) e monótonas este era muito diferente, pois a interação e o dinamismo eram frequente em suas obras. Tecnologia e design estavam presentes de formas muito inovadoras para tornar a língua algo muito mais atraente e interessante do que aquelas aulas chatas que tivemos na escola (desculpem me os professores de língua portuguesa, mas sim as aulas nos fazem odiar a língua). Apesar de tudo este texto não é sobre o museu em si, mas sobre uma palavrinha que mencionei no título acima, OPORTUNIDADE.

O relato que fiz foi para falar que um dia antes desse incidente infeliz. Estávamos indo visitar o estúdio de um amigo ali na região do Bom RetiroBairro onde se concentram lojas direcionadas a venda em atacado e varejo em São Paulo. , mas fomos surpreendidos por uma forte chuva ao sair do metrô Luz e por conta disso nos abrigamos em frente a recepção do Museu da Língua Portuguesa por cerca de 20 minutos. Nesse momento pensamos uma porção de vezes em entrar e dar uma volta no museu, mas ficamos muito exitantes, tínhamos horário para um outro compromisso além de nossa visita ao estúdio. Com todos esses pensamentos descobrimos algo que nos instigou ainda mais a entrar, nesse dia a entrada era gratuita (ENTRADA GRATUITA!), isso mesmo era como se estivéssemos sendo chamados, atraídos para o museu. Quantas foram as oportunidades de entrar?! Tínhamos tempo para uma visita rápida?! SIM! Estávamos ilhados e precisaríamos ficar por ali de qualquer forma. A entrada era gratuita! mas em meio a tantas chamadas para o sim, nós ficamos relutantes e não entramos.  Com todo esse atrativo decidimos que voltaríamos no domingo seguinte. Não foi possível. Perdemos uma oportunidade que descobrimos no dia seguinte ser ÚNICA! Segunda-feira o museu foi consumido totalmente em chamas.

 

Em nossa caminhada somos apresentados a diversas oportunidades todos os dias e muitas vezes nosso medo e exitação ou ainda o simples comodismo nos fazem deixar pra depois, pra amanhã, outro dia, etc., algumas dessas oportunidades pode se repetir muitas vezes depois, mas outras serão únicas e essas meus amigos são aquelas que poderiam mudar o jogo!

Espero que a cada dia nossa escolha seja fazer a vida acontecer, fazer as escolhas e se arrepender por terem dado e errado e não pela incerteza em saber se teriam dado certo!

Escolha todo dia aproveitar as oportunidades e superar o medo ou o comodismo, sua felicidade pode depender disso!

 

, , , , ,

This article was written by paulolima_

Paulo Lima é Cristão, Fotografo, Paulistano e tem 32 anos. Formado Bacharel em Design Gráfico pelo Centro Universitário Belas Artes em SP e Fotografo pelo SeNAC.

Menu