fbpx

Como organizar um ensaio

Como organizar um ensaio

Tenho vistos cada vez mais trabalhos que não parecem com nada e não lembram ninguém, onde o que importa é explorar a beleza de uma modelo, mas sem muita personalidade ou conteúdo. Bom, nesses casos posso dizer que são aquelas fotos em que olho e penso, poxa bonitinha, mas… Bom é isso, O que? esperava mais?! Eu também!

Pensando nisso resolvi escrever sobre como organizar um ensaio, mas para isso precisamos lembrar que a fotografia é um produto, proveniente de um serviço. E como todo e qualquer produto, para ser bem feito e ter qualidade exige uma série de atividades pré e pós execução. Neste caso a área de atuação do fotógrafo não importa, pode ser moda, ensaio, fineart, casamento, etc.. Para não ficar muito extenso vou me ater a minha área de atuação, Moda.

Considero sempre cada ensaio fotográfico como um projeto. E como não consigo deixar minha formação de Bacharel em Design Gráfico 100% de lado, todo projeto que participo, tento ao menos formatar um pequeno briefing para que todos os envolvidos possam ter um norte a seguir. A estrutura que uso é simples e organizada basicamente da seguinte forma:

Tema Chave ou Principal

Neste ponto defino a ideia chave que irá nortear todo o projeto. Muitas vezes é uma frase curta, ou um trecho de uma música, uma poesia, etc.. Aqui estará a justificativa de toda criação, o ponto de inspiração para a existência desse projeto.

Referências

As referências podem ser visuais onde é feito uma busca imagens de possíveis cenários/locações, make-up, Estilo, Cabelo e outras possíveis fontes de inspiração. Cuidado para não confundir inspiração com plágio.

Gerenciamento

A parte gerencial do projeto é a parte que talvez exija mais atenção, pois envolve o trabalho direto com outras pessoas. Ao delegar o que cada profissional ficará responsável, é preciso lembrar que nem sempre o outro pensa da mesma forma que você, sendo assim as coisas podem sair do rumo, por isso considero que conceitos bem definidos na fase de inicial do projeto são muito importantes.

Essa não é uma estrutura completa que abrange todas as questões que possam ser levantadas, mas me ajuda muito na hora de organizar os projetos de criação e mostrar aos outros envolvidos um pouco do que eu imaginei.

Espero que isso os ajude a sair do lugar comum, ou de ensaios que começam sem rumo e terminam em lugar nenhum.

Grande Abraço,

Paulo Lima

PS- se tem alguma dúvida ou sugestão, entre em contato será um prazer conhecer e ajuda-lo.

2 comments

Boa noite Sr. Paulo, estou me ingressando no mundo da fotografia, e tenho em meu planejamento trabalhar também na área de moda e ensaios.
Mas enfim, achei muito proveitoso as suas dicas, também já tive o desprazer de ver e, até mesmo participar e alguns ensaios como esses descritos por você, “ensaios que começam sem rumo e terminam em lugar nenhum.”
E como estou iniciando minha carreira, além de obter belas fotografias, eu quero que todos os meus trabalhos descrevam histórias que façam parte da vida do meu “projeto”.
Mas é isso. Parabéns pelo texto.

Joseph, Bom Dia!
Muito Obrigado por seu comentário, sei muito bem como são essas coisas, mas o importante é descobrir cedo o que se deseja mostrar em um ensaio e assim evitar esse tipo de situação.
Grande Abraço,

Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: