fbpx

Macrilan – Dicas de fotografia

Macrilan – Dicas de fotografia

Fala Galera, Tudo Bem?
Por aqui eu estou bem.

Não posso começar esse texto sem agradecer a equipe Macrilan (Site) e Conexo (Site) pela confiança e por termos juntos levado esse conhecimento para vocês.

Este post é fruto de uma live feita no dia 30/03/2020 através do Instagram da Macrilan. A conversa foi conduzida pela Jéssica que cuida do MKT e conversamos sobre os tópicos aqui abordados. Como eram informações valiosas resolvi produzir esse material para que vocês possam aproveitar ainda mais.

Fatores importantes para a fotografia e vídeo

Acredito que dentro da fotografia e vídeo existam alguns fatores que são muito importantes, porém vídeo até o dia de hoje não é minha especialidade, mas as dicas que darei podem muito bem ser aplicadas para as duas áreas.

Importância da luz

Como o termo fotografia significa “escrever com luz” esse é o fator básico e ao mesmo tempo mais importante para se considerar.
Logo deve pensar em como iluminar seu projeto antes de qualquer outra coisa.

Se você não tem nenhum tipo de iluminação artificial (ring light, softbox, etc.), não precisa se sentir mal com isso, pois você pode usar perfeitamente uma janela e saiba que essa é a luz mais usada desde o tempo em que a única forma de retratar precisava de tintas e pincéis, ou seja, a pintura. Aliás quando falamos em maquiagem podemos fazer diretamente essa relação, pois estamos mudando apenas o suporte, que na pintura era usado uma tela e na maquiagem um rosto. Tanto é válida essa relação que na língua inglesa os maquiadores são chamados de MUA – Make Up Artists.

Falando ainda sobre a luz de janela as únicas limitações que consigo pensar é que você vai precisar fotografar ou gravar durante o dia, pois precisará da luz/Sol e de forma estratégica escolher um período em que a luz seja mais favorável em sua janela.

Quem já possui luzes artificiais poderá trabalhar com maior flexibilidade de horário, sendo muitas vezes na madrugada o horário mais escolhido, pelo silêncio dos ambientes, principalmente para quem produz vídeos.

Cenário

Ao falar de cenário gostaria de dizer que o mais prático seria aproveitar algum ambiente em sua casa para fazer fotos ou gravação, afinal se a decoração já estiver pronta será muito mais prático. Pode-se fazer algumas alterações, para melhorar a composição, mas se puder aproveitar o que já tem vai te poupar muito trabalho.

Caso sua casa não seja exatamente o que você gostaria em termos de cenário, minha recomendação é simplificar, use uma parede ou até mesmo um fundo de tecido, papel kraft, papel de parede e etc., afinal de contas o que importa é conseguir conquistar as pessoas pelo conteúdo que estiver apresentando. Posso dizer que o cenário ajuda, mas nenhum seguidor vai permanecer somente pelo cenário e sim por você.

Na hora de produzir um cenário, logo imaginamos grandes estúdios ou produções que vemos na TV. Afinal queremos fazer o nosso melhor e encantar nossos clientes e seguidores, não é mesmo?! Cuidado, algumas pessoas se preocupam tanto com o cenário que nunca começam a produzir por acharem que não ficou legal o cenário.

Sobre isso queria trazer o exemplo da banda Boyce Avenue, canal do Youtube que conquistou o mundo fazendo versões de músicas famosas e muitas colabs entre outros artistas. Se for olhar os primeiros vídeos deles, verá alguns lençóis pendurados em uma sala que são aparentemente toscos, mas hoje eles só fazem produções com muita qualidade de imagem e cenário.

Com isso quero deixar um pensamento:

Comece onde você está, use o que você tem e faça o que você pode.
Arthur Ashe

exemplos

Sendo assim vou mostrar algumas produções em que o custo foi de no máximo 50 reais cada, para mostrar que necessariamente não precisamos gastar muito para fazer cenários.

Tecidos diversos (todos os coloridos cerca de 8,90 reais/metro), cortinas e afins; Um rolo de papel kraft custa cerca de 50 reais; O papel kraft papel pode ser pintado dos dois lados e gerar novos cenários; Barbante custa cerca de 15 Reais; Folha sulfite, uma resma (500 folhas) custa cerca de 25 reais; Você pode usar cavaletes, tapumes e outras coisas que tiver em sua casa, basta usar a criatividade.

Linguagem

A linguagem é determinante para conseguir encontrar e cativar seu público e a luz pode ajudar a contar essa história.
Já reparou que em cenas tristes em filmes e comerciais a luz geralmente é mais fria (tons de azul, lembrando neve, clima de hospital) e cenas alegres as luz é mais quente (tons de amarelo e laranja, lembrando pôr-do-Sol, comerciais de margarina). Além da temperatura de cor da luz (Balanço de Branco – WB) o tipo de luz ajuda a representar essa linguagem e a luz pode ser dura com brilhos acentuados e sombras marcadas ou suave com maior preenchimento e sombras difusas. A luz dura vem de uma fonte pequena ou direta e a luz suave vem de uma fonte difundida, tipo um softbox ou rebatida em uma parede.

divisão de conteúdo

As principais formas que um conteúdo pode ser dividido são: Conceitual, Comercial, Educacional e Entretenimento.

Educacional

Educacional é para ensinar algo específico ou demonstrar um produto, ainda que não ensine necessariamente como usar, um review por exemplo. Normalmente a luz é mais uniforme para que o que está sendo mostrado seja visto e compreendido com clareza.

Entretenimento

O Entretenimento tem basicamente a função de manter as pessoas assistindo, ainda que seja para trazer algum conteúdo patrocinado (publi). Geralmente as pessoas focam em alegrar, trazer conforto ou passar o tempo. Sobre a luz, acho que não existe um padrão, pois cada projeto vai precisar de uma linguagem.

Comercial

Geralmente o principal objetivo de um conteúdo Comercial é vender ou apresentar um produto/serviço. Nessa modalidade a luz deve enaltecer as qualidades e evidenciar aquilo que faz de melhor. Erroneamente acreditam que seja sempre em fundo branco, mas a não ser que seja uma exigência do cliente, saiba que não precisa! Atualmente com as redes sociais se tornando cada vez mais redes de network e influência a tendência é trabalhar com fotos que mostram mais o lifestyle. 

Conceitual

A Fotografia Conceitual é o playground e sonho para quase todo criador de conteúdo. Nele podemos experimentar, inovar e é a oportunidade para exercitar a criatividade e sair da caixinha, mas lembre-se que cada imagem tem um objetivo, pare e avalie se esse objetivo está sendo alcançado.

O ideal é sempre produzir o conteúdo básico para garantir, mas sempre fazer experimentações e exercitar sua criatividade.

Exemplos

Segue um mix entre diversos trabalhos com fotos Conceituais, Comerciais, Educacionais e Entretenimento.

Ao acompanhar o feed da macrilan você vai perceber que nós trabalhamos com um mix dos 4 elementos, pois trazemos conceito através de criatividade, para serem educacionais sem perder o teor de entretenimento. Mostrar a maneira correta de uso de um determinado produto de forma não tão óbvia e isso ajuda quem vê o conteúdo a não se sentir entediado.

A importância em fazer boas fotos de produto

As fotos dos produtos ou still são tão importantes quanto as fotos e vídeos que mostram o rosto, mas muitas pessoas não pensam nelas com tanto carinho.

Basicamente as fotos de produtos são também divididas entre as 4 categorias que mencionei anteriormente:  educacional, entretenimento, comercial e conceitual. Podemos mesclar elementos de mais de uma delas para que tenhamos imagens mais interessantes.

Eu mencionei sobre um estilo “Flatlay”, que é basicamente criar camadas com produtos e objetos em uma superfície plana. As fotos são  na maioria das vezes feitas de cima e as composições criam o contexto.

Abaixo alguns exemplos de fotografias de produtos:

Aplicativos

Como mencionei durante a Live, eu não uso o celular para produzir conteúdo com frequência, mas os aplicativos que eu conheço e uso são basicamente esses:

Lightroom – Considerado como um laboratório de revelação, porém digital. Ele faz ajustes e correções em cores, nitidez, balanço de branco, tonalidade dividida e muito mais. A principal vantagem é que pode ser usado tanto no celular como no computador, a versão para computador é uma das mais usadas por fotógrafos profissionais. Possui a opção de importar predefinições ou “presets” como são mais chamados, feitos pelo celular ou até mesmo pelo computador.

Snapseed – Um dos aplicativos mais divertidos para tratar fotos no celular, ele tem uma série de recursos muito intuitivos e que permitem transformar completamente algumas fotografias. Use sem moderação, mas com bom senso.

Facetune – Esse é o mais controverso da lista, apesar de ser ótimo para quem quer fazer correções na pele e no corpo é preciso muito mais bom senso para não criar imagens constrangedoras, principalmente na hora de ajustar partes do corpo.

Esse foi o conteúdo da Live que fizemos. Espero que tenham gostado e que coloquem em prática em seus conteúdos. Se gostou deixe seu comentário em meu instagram @paulolima_.

Se tem interesse em receber mais conteúdo como esse, basta se inscrever em meu canal no youtube, lá apresento várias dicas de fotografia.

Muito Obrigado a todos.

Nos vemos no próximo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: