fbpx

multidisciplinar ou especialista?

multidisciplinar ou especialista?

No universo profissional enfrento diariamente questionamentos de fotógrafos mais novos sobre carreira, uma das questões mais levantadas é sobre ser especialista ou um profissional multi-disciplinar. Afinal qual é a melhor alternativa?! Por qual caminho será mais reconhecido e como conseguir o tão sonhado $uce$o na carreira?

Quando converso com outros profissionais da área, normalmente eu escuto o exemplo do pato. Aquela conversa de que “o pato, anda, voa e nada, mas não faz nenhum deles de forma graciosa ou sequer bem”, pois é, eu também concordava com essa história até pensar sobre ela. Deixando de lado pré-conceitos, vamos aos fatos;  O pato é uma ave migratória que voa longas distâncias, inclusive atravessando de um continente para outro. Que fique claro, nenhum pato atravessa um continente por sorte, isso é habilidade! O pato também se vira muito bem água onde se alimenta e se locomove em solo (Concordo que de um jeito engraçado ), mas ainda assim eficiente.

Sabendo disso, deixei de acreditar no exemplo do pato como sinônimo de alguém que se presta a fazer várias coisas e não faz nada muito bem, mas sim como um exemplo de que saber fazer mais coisas poderá garantir a sobrevivência por mais tempo.

DaVinci seria um pato?!

Para um exemplo de um artista, engenheiro, designer e pintor que teve destaque em todas essas áreas posso citar um nome: Leonardo DaVinci. Desde sempre ele é um exemplo de multi-disciplinaridade e sem sombra de dúvidas é unânime a afirmação de que ele é referência e inspiração em cada uma delas. Será que para quem acredita na teoria do pato, discordaria dessa afirmação?! Acredito que não.

VAGAS DE EMPREGO

Uma outra questão que me faz pensar muito sobre esse assunto é a forma como as empresas procuram profissionais para contratar. Minha formação acadêmica é na área de design gráfico e o que encontramos em solicitações de estágios ou empregos chaga a ser intimidador. Vou colocar dois exemplos aleatórios em uma busca rápida pelo google aqui:

” Reformulação/adequação de sites existentes tratar criação de banners, : Conhecimento em html, php, css, javascript, photoshop, adobe illustrator e wordpress. Vontades em aprender trabalhar em equipe e crescimento profissional. “

“Atividades: solicitar e desenvolver plantas, receber e desenvolver layout, identificar problemas, alterar layout, liberar layout para aprovação, liberar o.f no sistema, solicitar e confeccionar amostras, fazer solicitação de amostras para outros departamentos, fazer moldes para confecção de ferramentas, organizar e arquivar, moldes e fotolitos, fazer backups, prestar suporte, capacitar equipes, formular campanha e de produtos.”  

https://www.trabalhabrasil.com.br/

Os empregos são para vagas de design, mas o profissional precisa saber programação, design e uma serie de outros conhecimentos. Curiosamente nessas duas vagas não exigem de forma direta experiência na área, mas nem precisa está claramente entendido pela quantidade de conhecimento que cada um precisa ter. Isso nada mais é do que exigir que o profissional seja multi-tarefas, ou seja o mesmo mercado que supostamente te pede pra ser especialista, exige conhecimentos multidisciplinares. Podemos considerar este um dos paradoxos da vida moderna.

Fotógrafos Multi-disciplinares

Na fotografia posso citar diversos exemplos de profissionais que desempenham trabalhos em mais de uma área e o fazem muito bem.
Posso falar sobre o meu mentor e amigo Tadeu Brunelli com o qual trabalhei como assistente durante 2 anos e aprendi muito sobre a fotografia de verdade, prática e que resolve problemas. Durante este período o acompanhei fotografando gastronomia, arquitetura, still e atualmente ele desenvolve também trabalhos com vídeo. Sou  muito grato por tudo que aprendi e pelas experiências que ainda compartilhamos em nossas conversas.

Outro fotógrafo que é multi-disciplinar é o Karl Taylor que tem trabalhos incríveis nas áreas de moda, retratos, still, gastronomia, educação e etc.
Se alguém precisa de conhecimento sobre fotografia acredito que ele seja um dos profissionais atualmente com maior destaque e reconhecimento.

Temos ainda os instrutores e principais nomes na área de educação em fotografia Joe Mcnally e Scott Kelby, que atuam em tantas áreas quanto possíveis dentro desse universo de imagens. Podemos ver diversos cursos e vídeos com treinamentos deles inclusive no youtube e de forma gratuíta.

Fotógrafos Especialistas

Por outro lado temos também muitos fotógrafos que atuam em áreas específicas. Um exemplo é o fotógrafo Tony Genérico que atua a muitos anos com fotografia de splash e sem dúvidas é a maior autoridade nesse assunto no Brasil e possivelmente no mundo.

Na fotografia de Moda temos muitos exemplos contemporâneos, Emilly Soto, Lara Jade, Jacques Dequeker, Zee Nunes, etc..

Temos ainda estúdios especializados em fotografia de still, outros em fotografias de casamentos, etc..

Infelizmente não funciona pra todo munto

Algumas pessoas se sentirão mais confortáveis seguindo uma estrada de mão única em direção aos seus objetivos enquanto outras vão conseguir fazer várias paradas pelo caminho e conhecer muitos outros lugares. Qual delas está certa?! As duas. O legal da vida é que ela é pessoal e cada um pode escolher como quer passar por essa jornada. Assim também podemos assumir que é com a carreira. Não existe receita para o sucesso ou felicidade, mas cada um deve assumir a responsabilidade por buscar a realização.

Ser multi-disciplinar, não significa que você vá fazer tudo ao mesmo tempo. Nem um computador executa tudo ao mesmo tempo, existe uma fila de processos e se vier com o argumento de que ele está rodando música enquanto você navega na internet, saiba que ele vai separando e direcionando recursos como processador e memória para cada atividade, chegando em algum momento em seu limite. Não conhecemos o limite de um cérebro, mas sabemos que ele consegue focar em uma atividade de cada vez e com muito esforço e atenção realizamos tarefas simultâneas, mas algumas com resultados vezes com resultados catastróficos (quem nunca esqueceu uma panela no fogo, ou algo no forno enquanto assitia tv, ou ainda, foi pegar o celular pra fazer uma ligação e passou 2h vendo instagram e whatsapp?!), mas fazemos. 

Nada impede de se destacar em muitas tarefas em paralelo. Não vai conseguir dançar break e escrever uma novela ao mesmo tempo, mas com toda certeza você pode ser bom nessas duas atividades e desempenhar as duas em paralelo. Nem todo mundo conseguirá, estará disposto ao desafio ou  simplesmente se interessará.

Especialize-se em aprender

Independente da sua escolha para ser um profissional multidisciplinar ou especialista, creio que o melhor investimento a se fazer é em aprendizado e desenvolvimento, duas coisas que devem ser constantes. Acredito muito que um fotógrafo deve se especializar em luz, sombras, cores, texturas, sem nunca se esquecer de que cultura e hábitos de consumo são questões em constantes mudanças, por isso esteja sempre se atualizando e buscando novos conhecimentos para sua vida e não somente na área profissional.

UFA!

Um pouco de nossa experiência Multi-disciplinar

Se você gostou desse conteúdo compartilha com um amigo ou em seus grupos através das redes sociais.
Se possível nos diga o que achou aqui nos comentários, é rapidinho e nos motiva a continuar produzindo conteúdos como este. 

Grande Abraço,

Equipe Estúdio Arauá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: